Tre giorni

Chega a me dar vontade de rir ao pensar em quantas vezes a mesma situação se repete. Nós ouvirmos alguém mais experiente do que nós, contar algo, e inocentemente – ou não – pensamos que conosco seria diferente. Quantas vezes já não ouvi de ex-intercambistas que era para aproveitar o máximo possível, porque quando chegasse em cima da hora eu veria que não deu tempo de fazer tudo o que eu queria. E não deu! Na verdade não sei, estou fazendo tudo dentro do possível, mas tenho a sensação de que não deu tempo. Bad feelings. Inexplicável. Como tudo o que se passou na minha cabeça de uns tempos pra cá. Mas seguindo o que me falaram, provavelmente minha ficha vá cair quando eu entrar no avião, ou chegar na minha futura casa…

Outra coisa engraçadíssima e clássica é o quanto as coisas acontecem ‘na hora errada’. Fazemos amizades super especiais bem na hora de ir embora. Porque?!

Preciso diminuir minha mala, está ficando grande demais. Aliás, minhas malas.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: