O que é “tendência”?

Há certas “tendências” impossíveis de passarem despercebidas, mesmo pelos menos interessados ou entendidos de moda. Seguindo um livro de moldes de costura era só acompanhar o passo-a-passo para obter o molde de uma blusa, mas surgiu uma única “falha”: tornou-se necessário diminuir 2 cm nos ombros (centímetros que eram reservados para as ombreiras). Hoje, esses 2 cm são opcionais. Blusas e casacos com ombreiras voltaram, trazendo um detalhe que faz total diferença em um look. Como não notar tal tendência? A moda faz parte da vida de todos, queiram ou não.

Todos precisam de roupas, todos precisam de bom senso na hora de se vestir. E para estar elegante, ou minimamente apresentável, digamos assim, é necessário usar regras básicas de moda, como por exemplo, a coordenação de cores. Não tem jeito, a moda está no nosso cotidiano. E para mulheres que em certo período de suas vidas se livraram das tais ombreiras, ajustaram suas roupas, e quase não viram mais essa peça nas lojas de armarinho, seria impossível não reparar na volta dessa dita “tendência”. E é mais ou menos assim que acontece. Não é pelo simples fato de notar em mais de 5 desfiles uma tal cor, um tal modelo de calça ou saia, “tendência de moda” vai muito além disso. Os desfiles e suas coleções guiam tudo isso, mas o que o consumidor final se sentirá apto a usar frequentemente é o que realmente conta. E quando isso acontece com um considerável número de pessoas é que acabamos dizendo: saia do tipo X é tendência para o próximo inverno, adquira já a sua. É graças ao fato de enxergar que algo é adaptável ao nosso dia a dia! Porque usar certo tipo de peça em poucas ocasiões não fará com que você queria tê-la em outras cores, outros tecidos… Talvez só o pretinho básico dê conta do recado.

Cool hunters e estilistas precisam existir para ficar de olho no que nós estamos querendo, e se não fosse graças ao Balmain talvez as ombreiras não estivessem aí novamente. Ele fez com que elas ressurgissem, é esse o papel dos estilistas, trazer novamente algumas coisas à tona, ou então trazer novas ideias, mas está na mão do público, do consumidor decidir se tal peça volta à vida, ou ao fundo do armário.  As temporadas de moda nos dão opções, e nós decidimos o que queremos pro nosso dia a dia. Então o simples termo “tendência” não é só uma ótima chamada para um artigo em uma revista, uma boa tag para um blog… É muito mais, significa o que é real, o que nós vamos desejar.

Queria deixar claro isso tudo… Me incomodava um pouco o fato da palavra tendência ser colocada assim, tão superficialmente, sem a menor explicação. É fácil escrever “ó, tendência pra próxima estação”, sem nem demonstrar saber o por quê, ou justificar minha posição…

A moda faz parte da vida de todos, é perceptível aos olhos de quem queira enxergar.

Con amore,

Valentina Rampini

Anúncios

1 comentário (+adicionar seu?)

  1. Vintage Felons
    jul 16, 2011 @ 13:19:34

    Olá, td bem?

    Escrevo para divulgar uma marca bacana de roupas e acessórios femininos jovem com pegada vintage/retrô: http://www.vintagefelons.com/loja

    Confira fotos do último Editorial e Lookbook da marca:
    Editorial: http://www.flickr.com/photos/vintage_felons/sets/72157626813790872/show/
    Lookbook: http://s1223.photobucket.com/albums/dd503/vintagefelons/?albumview=slideshow

    Quem sabe não dá um post bacana aqui no blog? Vamos adorar e as leitoras também!

    Abraços

    Responder

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: