Um Pouco de Indústria Têxtil

Eu sei que o foco do blog não é “teoria” e nem combina muito com ele… Mas outro dia fazendo um trabalho para a faculdade – que estava interligado à criação desta saia – descobri várias coisas legais sobre tecidos que me fizeram pensar: por que eu não pesquisei tudo isso antes!

Não aprendo esse tipo de coisa na faculdade afinal, pra quem não sabe, eu não faço faculdade de Moda, e sim Design de Produto. Todos os trabalhos que realizo tento focar em moda, para poder acrescentar informações ao meu conhecimento e ao meu portfólio. E foi o que aconteceu dessa vez! Vivo comprando tecidos, fazendo roupas, etc., e com esse conhecimento adquirido vou entrar nas lojas de tecidos com um outro pensamento.

(Clica pra ler até o final!)

Enfim. Tudo começa na produção da matéria prima! Que dá origem às Fibras (polímeros), que são utilizadas na criação dos fios dos tecidos. Para classificar essas tais Fibras, é necessário considerar sua origem:

Natural: são retiradas prontas da natureza – por exemplo: algodão, lã, seda e linho, são tecidos mais caros e melhores;

Artificial: são produzidas pelo homem, mas provém de uma matéria-prima natural (como a celulose) – uma das mais comuns é a viscose;

Sintética: são produzidas pelo homem e tem como matérias-primas produtos químicos, da indústria petroquímica – algumas das mais conhecidas são poliéster e elastano.

Existem bons tecidos que são criados a partir de fibras artificiais, ou sintéticas, mas os de fibras naturais são muito mais interessantes. E apartir desses Fios vem a Tecelagem:

(Clica que aumenta!)

(E quando trata-se de produzir Malha…)

Depois disso o tecido já vai ter tomado forma, então é hora de passar pelo Beneficiamento! É um momento muito importante, pois a partir desses processos o tecido vai ficar com um aspecto muito mais interessante, vai ganhar cor, estampas… O Beneficiamento tem como objetivo principal melhorar as características visuais e de toque do material têxtil, além de poder atribuir algumas características ao mesmo.

E o tecido já estará pronto para ir às Confecções, onde serão criadas roupas (além de outros artigos que são feitos a partir de tecidos) lindas e maravilhosas que nós não vamos resistir, e acabaremos comprando. Basicamente é esse o Processo de Produção. Essas informações eu fui caçando aqui e ali, em um site ou em outro, e montei um material para apresentá-lo na faculdade. Se tiver algum errinho, ou informação adicional importante, aceito comentários para que eu possa alterar aqui!

Descobri que o que faz de um tecido ser ecologicamente correto ou não, não é especificamente sua matéria prima. Tecidos de Pet não provém de uma matéria prima natural, né? Porém causam menos impacto ambiental – e é isso o que conta!

Con amore,

Valentina Rampini

Twitter Tumblr Fashiolista Bloglovin  Lookbook

Anúncios

1 comentário (+adicionar seu?)

  1. carol guerra
    out 31, 2011 @ 09:20:44

    tina…..estou apaixonada pelo seu blog…..quase todos dia entro pra ver se tem novidades……
    parabens!!!!!
    bjos carol(cunhada da jessica guerra)hahahhahahahahha

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: