Dicas de Viagem: Paris

Finalmente começando os posts sobre as viagens. Como comentei minha primeira parada – depois de Roma, né – foi Paris. Sempre tive muita vontade de ir pra lá, pois me parecia uma cidade encantadora… E de fato é! É linda e super agradável. Bom, pra começar a viagem comprei no Brasil esse guia da Folha de São Paulo, é uma versão pequena mas muito prática – e com um preço bom. Ele fala sobre os principais pontos a serem visitados de acordo com as regiões (que aparecem divididas num mapinha ótimo que tem no final), o que facilitou muuuito minha viagem. Aí anotei os principais pontos que visitei pra mostrar aqui pra vocês! 🙂

Eu cheguei depois do almoço por lá, não dava para fazer muitas coisas, então optei por começar pelas duas pequenas ‘ilhas’ que tem no Rio Sena – Île de St-Louis e de la Cité -, onde está o Notre Dame. Essas ilhas são muito bonitinhas, vale a pena dar uma passeada por elas! No segundo dia já fui visitar a Torre Eiffel (se quiser subir tem que se preparar pra fila) e a Église du Dôme, mas antes disso passei pelo Jardin du Luxembourg, que é liindo e tem esse palácio super bonito da foto. No terceiro dia visitei o Quartier Latin, onde está o Pantheon, e depois fui ao Musée d’Orsay, que estava com uma fila bem grande, mas vale a visita! No quarto dia resolvi encarar o Louvre. O museu abre as 9hs, cheguei lá umas 9 e pouquinho e já tinha uma super fila. Mas fica a dica: perguntem pra alguém sobre alguma entrada alternativa, eles vão falar que é só aquela mas é só insistir que eles falam! Tem uma galeria na rua do lado que tem uma fila menor e também já me falaram sobre uma loja que você paga 1 euro a mais e entra sem fila, mas não sei exatamente como funciona. O museu é muito muito grande, então tem que ir selecionando o que quer ver com calma, para passar rápido pelo restante. Depois de visitar o museu vale passear pelo Jardin des Tuileries que fica logo atrás, chegando até a Place de la Concorde e um pouco mais a frente o Arc de Triomphe. Pra quem gosta de arte moderna tem que visitar sem dúvidas no quinto dia o Centre Pompidou, é grandão, mas tem obras muito famosas e interessantes. No sexto dia fui visitar a famosa Basilique du Sacré-Coeur e o Moulin Rouge, que fica numa zona bem diferente da cidade haha! E no último dia fui visitar o liiindo Jardim de Versailles. É realmente gigante, impossível ver tudo, mas dá pra dar uma passeada, só o comecinho já vale a pena! Mas fica fora da cidade, demora mais ou menos uma hora pra chegar lá, então é melhor reservar um dia e colocá-lo como prioridade.

Em todo esse roteiro é claro que visitei outras coisas que estavam na mesma região, mas aí cada um escolhe dando uma olhada nesse guia que eu indiquei. Depende do interesse de cada um! E aí também no tempo que sobrar dá pra ir fazer compras, passear pela cidade, ir em restaurantes, etc! Comer os famosos crepes, rs.. E uma dica muito importante: caminhar muito! Sem ficar pegando metrô, caminhar é a melhor maneira pra conhecer a cidade de verdade. Eu só pegava metrô no fim do dia pra voltar pro Hostel quando estava muito cansada.

Ah, e uma dica de Hostel pra quem está procurando: Oops Hostel. É muito bom, eu recomendo sem dúvidas!

Espero ter ajudado quem está pretendendo ir pra Paris mas não sabia o que visitar. Depois continuo com dicas das outras viagens!

ATUALIZANDO: gente, eu tinha errado lá na montagem, a região do Moulin Rouge é Montmartre, e não Montparnasse, como eu havia escrito. Mas já corrigi. 🙂 Obrigada Mariana!

Con amore,

Valentina Rampini

Twitter Tumblr Fashiolista Bloglovin

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: