Everything has beauty..

“I Believe That Fashion…

.. Is not about what you wear, but how you wear it. It’s more than putting together outfits and creating different looks, but a form of expression of one’s identity, creating a new outer layer of skin. I live it, I breathe it, I express it!”

(Adetayo Fajemisin)

#R.I.P.

“Às vezes a vida te bate com um tijolo na cabeça. Não perca a fé. Estou convencido de que a única coisa que me fez continuar foi que eu amava o que eu fazia. Você precisa encontrar o que você ama. E isso vale para o seu trabalho e para seus amores.Seu trabalho irá tomar uma grande parte da sua vida e o único meio de ficar satisfeito é fazer o que você acredita ser um grande trabalho. E o único meio de se fazer um grande trabalho é amando o que você faz. Caso você ainda não tenha encontrado[ o que gosta de fazer], continue procurando. Não pare. Do mesmo modo como todos os problemas do coração, você saberá quando encontrar. E, como em qualquer relacionamento longo, só fica melhor e melhor ao longo dos anos. Por isso, continue procurando até encontrar, não pare”

“Você não pode conectar os pontos olhando para a frente; você só pode conectar os pontos olhando para trás. Assim, você precisa acreditar que os pontos irão se conectar de alguma maneira no futuro. Você precisa acreditar em alguma coisa – na sua coragem, no seu destino, na sua vida, no karma, em qualquer coisa. Este pensamento nunca me deixou na mão, e fez toda a diferença na minha vida.”

“Lembrar que eu estarei morto em breve é a ferramenta mais importante que eu encontrei para me ajudar a fazer grandes escolhas na vida. Por que quase tudo – todas as expectativas externas, todo o orgulho, todo o medo de se envergonhar ou de errar – isto tudo cai diante da face da morte, restando apenas o que realmente é importante. Lembrar que você vai morrer é a melhor maneira para eu saber evitar em pensar que tenho algo a perder. Você já está nu. Não há razão para não seguir o seu coração.”

“Isto foi o mais perto que cheguei da morte e espero que seja o mais perto que eu chegue nas próximas décadas. Tendo passado por isso, posso dizer agora com mais certeza do que quando a morte era apenas um conceito intelectual: nnguém quer morrer. Até mesmo as pessoas que querem ir para o céu não querem morrer para ir para lá. Ainda, a morte é um destino que todos nós compartilhamos. Ninguém conseguiu escapar dela. E assim é como deve ser porque a morte é talvez a melhor invenção da vida. É o agente que faz a vida mudar. É eliminar o velho para dar espaço para o novo. Neste momento, o novo são vocês, mas algum dia não tão longe, vocês gradualmente serão o velho e darão espaço para o novo. Desculpa eu ser tão dramático, mas é a verdade”

“Seu tempo é limitado. Por isso, não perca tempo em viver a vida de outra pessoa. Não se prenda pelo dogma, que nada mais é do que viver pelos resultados das ideias de outras pessoas”

“Tenha vontade, tenha juventude. Eu sempre desejei isso para mim. E agora, que vocês se formam para começar algo novo, eu desejo isso para vocês”

Trechos do discurso durante formatura em Stanford, 2005

Nem todos os vestidos são para sempre

“Arrumando a minha mala gigantesca, nada elegante, rezando para a mulher do check-in não notar o excesso de peso sou forçada a fazer algumas escolhas. E eu não sou muito boa disso. Na dúvida entre o lenço azul ou o preto, porque não levar os dois? Assim eu adio essa escolha para o momento de me vestir. A mala quase cheia e uma pilha de roupas em cima da cama. Puxo um vestidinho preto que já circulou muito comigo. Surrado e furado ele continuava sendo um dos meus preferidos.
Me dei conta que levei ele em todas as últimas viagens, mas ele nunca saiu do quarto do hotel. Será que era a hora de me desfazer dele?
Algumas pessoas assim como alguns vestidos são mais difíceis de deixar pra trás. Agente sabe que não nos serve mais, que o espaço poderia ser melhor utilizado, mas insistimos até o último segundo. Até o inevitável ficar tão óbvio que agente desconfia do próprio ridículo. O mesmo vestido que foi piece de resistance do meu armário, que ia comigo da praia à festa já não fazia mais parte de minha vida e tinha que dar espaço para os novos. Agora que eu era quase uma pessoa séria de verdade os vestidos mais bem cortados e estruturados desviavam a minha atenção e ocupavam o espaço. Não doei o vestido como deveria, mas o dobrei e o guardei com carinho em uma gaveta abarrotada de velhas memórias. Se enganar é mesmo uma delícia, é uma pena que dura tão pouco.
De que adiantava levar o vestido que eu já não usava mais? De que adianta, na vida, resistir às mudanças?
(…)
Será que amadurecer é isso? Aprender a deixar algumas coisas que um dia foram importantes para trás? Aprender a fazer escolhas e abandonar alguma opção? Fecho a mala e penso que sim. Me esconder dentro de um vestido que já não me serve por pura preguiça de procurar um outro é repetir a mesma idéia só porque um dia ela já funcionou.” (Gisela Rodenburg)

Frase pronta

Um axioma da produção de livros é… que, se se deixar que alguma coisa comece errado, há muita probabilidade que saia errado. Grande parte do trabalho do designer é explicar suas exigências a estranhos distantes.

(Hugh Williamson)

L'eleganza del Riccio

La seconda domanda, dunque: che cosa conosciamo del mondo? A questa domanda rispondono gli idealisti come Kant. Che cosa rispondono? Rispondono: non un granché. L’idealismo è quel convincimento secondo cui noi possiamo conoscere solo ciò che appare alla nostra coscienza, quell’entità semidivina che ci salva dalla condizione di bestie. (p1-pg.54, L’eleganza del Riccio)

minha vida acabou de começar

“odeio me sentir assim..”

“assim como?”

“assim, sei là, ficar sonhando desse jeito… eu nunca fui assim”

“ué Valentina, hahaha, ‘eu nunca fui assim’?. Sua vida acabou de começar.”

Entradas Mais Antigas Anteriores