ESTAMPA | SURREALISMO

Sexta-feira foi mais um dia maluco do fim do semestre, além de prova, eu tive que entregar 10 estampas feitas a mão, cada uma baseada em um movimento artístico, e uma delas teria que se tornar uma camiseta. A proposta é super legal, de fato! Mas dá um trabaaaalho.. Hehe 🙂

Como terminei tudo no último do segundo tempo – pra variar – acabei esquecendo de scannear as que eu fiz #esperta.. Só tenho essa, que foi a que eu mandei estampar a camiseta. Mas ficaram bem legais, escolhi fazer todas no tema ‘gaiolinha’. Espero pegá-las antes do fim das aulas, aí posso mostrar aqui. Essa aí é baseada no Surrealismo, mas especificamente nesta obra do Magritte.

Con amore,

Valentina Rampini

Twitter – Tumblr – Fashiolista – Bloglovin

AUTORRETRATO EM FORMA DE TOY ART

No final da semana passada eu estive away por um motivo muito fofinho, rs! Na faculdade, uma professora passou um trabalho bem legal, a proposta era criar um toy art como uma espécie de autorretrato. Nele deveríamos conseguir transmitir, da melhor maneira possível, tudo o que tivesse a nossa cara, através das cores, detalhes, formato… Para criá-lo, comecei desenhando tudo o que eu mais gostava, e que me caracterizava muito. De cara surgiu uma gaiolinha, aí muitos laços, máquina fotográfica, tesoura, carretéis de linha, asas.. Depois de quebrar bastante a cabeça, e fazer vários desenhos, cheguei a esse personagem aí. Um carretel rosinha, com mega cílios postiços (quem já viu minha foto do FB?), laço rosa, tachinhas… Do lado não aparece, mas tem duas asinhas.

Não deu pra tirar outra foto, essa foi na correria, não sabia que eu teria que deixa-lo lá na faculdade para a exposição. 😦 Mas dá pra ter uma ideia… E aí, o que acharam? Tem a ver comigo?

Con amore,

Valentina Rampini

Twitter – Tumblr – Fashiolista – Bloglovin

Design Aqui e Ali

Pequenos detalhes fazem toda a diferença. Quantas vezes já ouvimos essa frase, não? E esse é um dos principais papéis do Design.. Fazer com que pequenos detalhes façam toda a diferença. Usando criatividade, bom gosto, humor… Mudando o que já existe, o que é comum, para transformar um simples estojo em um ‘objeto de desejo’. Por que uma borracha deve ser quadradinha e branca? Que tal em formato de picolé ou tortinha de morango? E eu, como boa estudante de Design sou louca por objetos diferentes, como vocês podem ver pela foto. 🙂

E aí me perguntam o que tem de tão legal em estudar Design, qual é a nossa função, etc etc. Preciso responder?

Con amore,

Valentina Rampini

Twitter Tumblr Fashiolista Bloglovin

LDG #52 – Back to Reality

Camisa OVS, camiseta H&M, short (não sei, é antiguíssimo), mochila Gabbia Dorata e tênis Converse;

Hoje vou falar do look que escolhi pra ontem (como de costume) mas dando atenção especial à mochila, rs! Só porque deu um super trabalho para fazê-la e eu amei o resultado. Mas começando pelo look: lembram do post que fiz dando dicas sobre o que vestir na faculdade (AQUI)? Então, coloquei em prática uma das idéias, no primeiro dia de aula! 😀 Com uma alteração ou outra, como vocês podem ver… Troquei a bolsa por uma mochila e, principalmente, houve uma mudança nos papéis do short e da camisa. A ideia era colocar uma camisa jeans e balancear o look escolhendo um shortinho de alfaiataria, mas acabei optando por uma camisa social e aí um shortinho jeans (vermelho, rs).

Vi essa camisa na loja e adorei! Ela tem um tecido super molinho, com uns detalhes floridos por dentro, uma graça mesmo. Mas só tinha em numerações bem grandes… Não é um problema, né? Afinal, sou super fã de peças assim. Fica muito bem colocada dentro do short/calça/saia (já mostrei ela duas vezes com saia AQUI e calça AQUI). Ah, e como eu ia usá-la aberta optei por dar nozinhos nas pontas, assim ficava aparentemente mais curta e dava um charminho.

E quanto à mochila ♥♥♥ … No final do ano decidi que queria fazer uma mochila pra mim, passei o ano todo usando bolsa na faculdade, e uma hora cansa, né? Levar várias coisas na mão… E nunca encontrava nenhuma que eu gostasse de verdade, eram todas super caras e comuns! Não achei que alguma valesse tanto a pena. Então que tal fazê-la? Pensei em amarela logo de cara, pra ficar bem diferente mesmo, e completei com alguns bottons que comprei ao longo da viagem.

E aí? O que acharam do look? E da mochila, gostaram?

Con amore,

Valentina Rampini

Twitter Tumblr Fashiolista Bloglovin

Um Pouco de Indústria Têxtil

Eu sei que o foco do blog não é “teoria” e nem combina muito com ele… Mas outro dia fazendo um trabalho para a faculdade – que estava interligado à criação desta saia – descobri várias coisas legais sobre tecidos que me fizeram pensar: por que eu não pesquisei tudo isso antes!

Não aprendo esse tipo de coisa na faculdade afinal, pra quem não sabe, eu não faço faculdade de Moda, e sim Design de Produto. Todos os trabalhos que realizo tento focar em moda, para poder acrescentar informações ao meu conhecimento e ao meu portfólio. E foi o que aconteceu dessa vez! Vivo comprando tecidos, fazendo roupas, etc., e com esse conhecimento adquirido vou entrar nas lojas de tecidos com um outro pensamento.

(Clica pra ler até o final!)

Mais

Material “Rústico”

Como comentei há alguns posts, as últimas semanas tem sido corridas. No meio do semestre sempre tem algumas semaninhas lotadas de trabalhos a serem entregues. Um dos trabalhos que realizei, para a disciplina de Design e Tecnologia, tinha um tema um tanto quanto “livre”. Tínhamos que criar algum produto (vestuário, mobiliário ou acessório) tentando explorar algum material diferente. Dedicar-se na escolha da forma e trabalhar um conceito.

Bom, como era de se imaginar, escolhi trabalhar alguma peça de vestuário. Simplesmente desenhar alguma roupa, mesmo que com um design muito diferente, seria pouco. Queria explorar algum material. Então me veio em mente a questão de toda essa onda verde que está nos perseguindo há alguns anos. Decidi que queria trabalhar algum tecido “ecologicamente correto”, para mostrar que era possível sim criar peças interessantes sem precisar agredir o meio ambiente.

Minha escolha foi a Juta. Tecido utilizado para artesanato e principalmente para a criação de sacos de batatas e de café. Um tanto quanto rústico, né? Mas pensei em trabalhar um caso extremo, para obter um resultado legal e interessante, e mostrar que tecidos ecologicamente corretos mais delicados teriam muito mais possibilidades – como por exemplo aqueles utilizados em ecobags.

Quando comecei a desenhar a peça pensei em trabalhar algo que desse movimento. O modelo dessa saia lembra muito camadas, folhas. O que me pareceu combinar com o tecido. Pensei em criar algum blazer, alguma saia mais básica… Mas talvez não ficasse uma peça charmosa, o que era necessário, para contrastar com o tecido.

Tenho que confessar que o resultado ficou grosseiro, deu um trabalho para costurar, não consegui colocar zíper… N fatores! Mas como eu já disse, minha ideia era mostrar um caso extremo, e tentar mostrar que vale explorar essa ideia. Sem essa de que tecidos ‘corretos’ só servem para substituir sacolinha plástica.

Espero que vocês tenham gostado. 🙂

Con amore,

Valentina Rampini

Twitter Tumblr Fashiolista Bloglovin  Lookbook

T-Shirts – Apenas Rabiscos

Post com uma Wishlist no estilo dicas! Esses dias encontrei um site de camisetas, bolsas e acessórios suuper bacana, chamado Apenas Rabiscos. Fiquei apaixonada pelas camisetas, e não poderia deixar de dividir com vocês… Principalmente a camiseta I ♥  BONS DRINK, incrível né? Hahaha! E todas com um preço bem amigo, R$27,00! Ainda não comprei no site, mas dei uma pesquisadinha e dizem que é confiável, e que as camisetas são boas. Alguém aí já comprou lá?

Bem que podia ter alguma escrito I ♥  Chuck Bass, né? Hahahaha..

Con amore,

Valentina Rampini

Twitter Tumblr Fashiolista Bloglovin

Entradas Mais Antigas Anteriores